4 gafes nas redes sociais para provar que o Brasileiro não perdoa
gafes épicas nas mídias sociais

Conheça agora 4 gafes épicas nas redes sociais.

Todo mundo sabe que presença digital é importante para qualquer negócio. E é por isso que até o Governo investe nisso.

Mas na internet não vale o “falem bem ou falem mal, mas falem de mim” porque um erro pode custar muito caro.

Quem nunca cometeu um erro que atire a primeira pedra, não é mesmo? O problema é que as gafes nas redes sociais não são esquecidas!

A última gafe que virou notícia foi no Twitter do Planalto, mas esse não foi o primeiro erro deles nas mídias sociais.

O objetivo desse texto é aprender com o erro (dos outros) e lembrar que o Brasileiro não perdoa!

1) Planalto diz que o Brasil não quer a reforma da previdência

gafe do planalto no twitter

O social media do governo colocou uma foto incompatível com o avatar do Twitter e a propaganda da reforma da previdência acabou tendo um efeito contrário.

Com a repercussão negativa, no mesmo dia a imagem foi alterada para um formato compatível. Mas, é claro, essa história já ficou registrada e não tem mais como apagar.

Tem dificuldade para acertar o formato de cada rede social? Experimenta o Canva 🙂 ferramenta online e gratuita com diversos templates!

2) Planalto compartilha por engano senhas das redes sociais do governo

Essa gafe aconteceu em 2017, quando ao compartilhar o link de uma matéria, foi compartilhado um link do Google Drive com todos os acessos do governo.

Quem nunca deu um ctrl+v errado, não é mesmo?

O governo informou que o funcionário que cometeu essa gafe era terceirizado e foi afastado no mesmo dia.

Uma das senhas era “planaltodotemer2016”

gafes mídias sociais

3) A Presidência da Republica compartilhou a matéria de um site de humor por engano

gafes redes sociais

O ano era de 2012 e o bordão “menos Luiza, que está no Canadá” era assunto de destaque nas redes sociais.

Acontece que o Social Media da Presidência da República não estava por dentro e compartilhou, como se fosse uma notícia séria, um tuíte do site de humor da revista “Piauí” dizendo que “com a volta da Luiza, quem tá indo para o Canadá é o Serra”.

A presidência da república veio a público pedir desculpas pela publicação.

 

4) A consultora de moda e etiqueta que foi vítima do corretor automático

tuitekalil

Glória Kalil, ao tentar ajudar as vítimas de Teresópolis, região fortemente atingida pelas chuvas, postou que butiques recolhiam roupas para os desajeitados, em vez de desalojados.

Diferente de outros usuários que apagam tuítes quando percebem que cometeram uma gafe, Glória Kalil não desceu do salto e manteve a mensagem errada com as correções.

E você, o que faria se cometesse uma gafe?

Leia também: 7 sacadas de La Casa de Papel para você aplicar no seu negócio

Comments

comments

Posts Relacionados

Deixe seu comentário