Copywrighting: Guia Definitivo Para Impulsionar Suas Vendas
Copywrighting

Descubra o que é copywrighting e como utiliza-lo para aumentar seus resultados

Você está cansado de falar sozinho na internet? Saiba que os estímulos são tantos que você precisa se destacar para que prestem atenção no que você está dizendo.

O Neuromarketing nos dá diversas técnicas para garantir esse papel de destaque com o objetivo de impulsionar o reconhecimento da sua marca e o volume de vendas.

Conheça mais sobre a utilização do Neuromarketing na construção de sites.

Uma forma incrível para conseguir resultados é a utilização de Copywrighting, que significa o uso das palavras corretas para se comunicar com seu público alvo, no intuito de guiá-lo para uma tomada de decisão.

Se você ainda não sabe a diferença entre público-alvo e persona clique aqui

Se já sabe, conheça 4 formas práticas para definir sua persona.

O conteúdo deste artigo foi retirado de um livro incrível chamado Great Leads, escrito por Michael Masterson e John Forde. Até nossa última pesquisa ainda não tinha tradução, por isso reunimos os principais conceitos para que você possa usá-los na prática.

Um resumo deste livro em português foi disponibilizado por aprado.

 

Entenda a importância deste livro:

As primeiras palavras são a ÚNICA oportunidade que você terá para fisgar seu possível cliente. Se ele te ignorar nas primeiras linhas, não há preço baixo, promoção ou anúncio que te salve.

Coloque esse artigo debaixo do braço e o consulte sempre que for escrever qualquer coisa para o seu público alvo.

 

Regras gerais:

  1. 80% do impacto emocional da copy será determinada pelos primeiros 20% do conteúdo
  2. Você terá de 100 à 600 palavras para criar uma resposta emocional
  3. Ter como foco UMA ideia grandiosa
  4. Sempre escreva em segunda pessoa

 

Objetivos:

  1. Mexer emocionalmente com o prospect
  2. Persuadi-lo intelectualmente

 

A grande ideia

Deve ser forte, fácil de ser entendida e fácil de acreditar. Quando esta grande ideia trabalha com fatos, estórias e promessas ela fica mais forte.

 

Uma Emoção

Antes de escrever qualquer coisa você deve pensar qual emoção quer despertar

 

Estrutura

  • Uma ideia poderosa
  • Uma única emoção
  • História engajante ou fato
  • Direcione para apenas UMA ação

 

Antes de pensar no conteúdo ou na forma de se comunicar com o seu potencial cliente pense: o que ele já sabe?

Essa resposta vai mudar tudo. O princípio de uma Copywrighting é ela se encaixar tão bem com as necessidades e expectativas do leitor que pareça que foi escrito para ele.

Esta é uma forma de diminuir a distância produzida pelas telas de computador e fazer com que seu potencial cliente sinta que está em uma conversa com alguém que o entende.

 

Faça as seguintes perguntas:

  • Seu potencial cliente conhece a sua empresa?
  • O que sabe sobre seu produto?
  • O que sabe sobre seus problemas e soluções já disponíveis?

 

Estas respostas vão definir como você se aproxima e conversa com o seu prospect.  O nível de consciência do seu potencial cliente está diretamente relacionada ao tipo de comunicação. Quanto mais longe da consciência mais indireta deve ser sua comunicação.

Se o seu prospect conhece seus produtos e sabe que pode satisfazer seus desejos o título deve sempre ter o produto.

 

1) Muito consciente

Já conhece sua empresa, seus produtos e já estabeleceu uma conexão emocional que foi construída através de um ótimo relacionamento. Seu produto é mais que um simples produto, é o ponto de contato com alguém que ele sente confiança. Estes prospects são encontrados na lista de compradores e só precisam receber ofertas, uma vez que já foi estabelecida uma relação de confiança.

 

2) Consciente do produto

Sabe o que você vende, mas ainda não sabe se é a melhor escolha. Conhece os produtos, os benefícios, mas ainda precisa ganhar confiança.  Para este prospect é preciso muito cuidado para não assustar, ele precisa ver valor. É aquele consumidor que lê reviews, vê estudos de caso pois querem garantir que tomarão a decisão com melhor custo benefício.  

 

3) Consciente da solução

Está com foco no resultado. Ele sabe o que você vende, mas não sabe se o seu produto entregará este resultado.

Aqui temos duas premissas:

  • Alguém por aí tem a solução que ele precisa
  • Precisa de um pouco de educação antes de comparar as opções

Se você falar de produto para este prospect, irá assustá-lo. Pois ele não quer um produto, quer uma solução. Você precisará convencê-lo de que entende o que ele quer e precisa.  Neste caso o título deve começar com seus desejos.

 

4) Consciente do problema

Aqui seu prospect está no mais alto nível de ansiedade. Tem apenas problemas e preocupações, desconhecendo as soluções. A chave é mostrar que você entende suas dores, conhece suas frustrações, desespero e medo. Seu prospect está procurando uma conexão emocional.  Você deve oferecer a solução apenas após estabelecer esta conexão.

 

3 tipos de Copywrighting

 

Oferta

Vai direto à oferta, mencionando quase sempre o produto, preço, descontos e garantias.  É indicado para produtos que são fáceis de entender e para os prospects que estão muito conscientes e conscientes do produto.

 

Promessa

Apresenta claramente, drasticamente e enfaticamente os benefícios. Apresentar já no título essas promessas, que devem mirar no desejo central do prospect;

  • Começar com o maior benefício do produto
  • Conectar o benefício central com o desejo central do prospect
  • Parece o mais novo e original possível
  • Ser ousado, mas ainda assim acreditável
  • Deve ter uma prova (depoimentos, casos etc)
  • Geralmente foca em velocidade, tamanho ou qualidade de resultados

 

Indicado para quem está consciente do produto e da solução

 

Problema-Solução

Para este público você deve demorar para falar do seu produto. Comece o assunto identificando o assunto mais emocionante do seu prospect. Ou seja, sua maior dor ou necessidade.

Após estabelecer a conexão emocional segue com as promessas do seu produto.

  1. Mire nas preocupações que faz seu prospect perder o sono
  2. Suas preocupações devem ter peso emocional
  3. Você deve trabalhar essas emoções antes de oferecer uma solução

 

Indicado para prospects conscientes do problema

 

Tem algum livro de marketing que você gostaria de entender na prática? Conta pra gente!

Leia também 6 passos para criar conteúdo que vende

Comments

comments

Deixe seu comentário