Buscar...

Marketing Digital Todos

Cegueira de Banner

Renata Furtner

Nosso cérebro entendeu que a maioria das propagandas não nos interessam, por isso, desenvolvemos um mecanismo para ignorar automaticamente as áreas que contém publicidade.

Esse fenômeno é chamado cegueira de banner. O que quer dizer que empreendedores e publicitários passam horas criando anúncios que ninguém vê.

A cegueira de banner é uma defesa do nosso cérebro que é exposto a uma média de 1.900 banners por mês. Se não fosse essa defesa do nosso corpo passaríamos 100% do tempo consumindo propaganda.

Existe uma ferramenta chamada mapa de calor que revela como os usuários interagem com uma determinada página na internet.

cegueira de banner

Percebeu que o foco é 100% no conteúdo?

Além da super exposição, há uma descrença generalizada dos consumidores em relação às intenções das empresas.

O que faz com que usuários não aceitem nem mesmo conteúdos gratuitos.

Isso mesmo, uma pesquisa da Adobe mostrou que 61% dos usuários não estão dispostos a ver anúncios nem de conteúdos gratuitos.

O motivo disso é um profundo desencontro entre as necessidades do consumidor e as atitudes das empresas.

Como lidar com a cegueira de banner

A melhor forma de atrair a atenção do seu potencial cliente é se colocando no lugar dele.

Para isso, responda as seguintes perguntas:

  1. Qual foi a última vez que você clicou em um anúncio que não estava procurando?
  2. E a última vez que comprou algo que te ofereceram?

Não conseguiu lembrar?

Isso quer dizer que seu potencial cliente só realizará uma compra se essa vontade partir dele, então poupe seus esforços!

O papel das empresas no mundo de hoje é pensar em atender as necessidades do cliente, sendo o lucro consequência disso.

Usuários conseguem sentir cheiro do desespero

Uma pesquisa feita pela The Economist mostrou que mesmo as empresas que já aderiram ao marketing de conteúdo ainda estão desalinhadas ao que isso significa de fato.

93% das empresas dizem que conectam conteúdo a produtos e serviços e 75% afirmam que o conteúdo deve mencionar os produtos frequentemente.

Enquanto 60% da audiência declaram que recusam conteúdos que soam como propaganda.

Ou seja, não adianta perder tempo criando conteúdo se o seu objetivo é vender.

O objetivo das empresas, antes de mais nada, deve ser ensinar, conectar e despertar emoções.

Faça propaganda com Remarketing

Usuários tendem a ignorar menos as propagandas se já estiverem conectados com a empresa.

O motivo disso é simples: nossa atenção na internet é voltada ao que é familiar e ao que estamos buscando ativamente.

Como fazer uma venda imediata mesmo com a cegueira de banner

Links patrocinados na rede de pesquisa entregam a maior quantidade de resultados imediatos.

O motivo? Os usuários estão ativamente procurando seus produtos ou serviços.

Então é só investir em rede de pesquisa? Não!

O usuário que está procurando seus produtos e serviços só irá fechar a venda depois de pesquisar um pouco sobre a sua empresa na internet.

E é aí que entra o papel da credibilidade social construído pelo marketing de conteúdo.

Além disso, trabalhar o marketing de conteúdo te garante um posicionamento sólido enquanto a rede de pesquisa promove esse posicionamento apenas enquanto estiver pagando.

O que quer dizer que o posicionamento da rede de pesquisa é artificial enquanto o posicionamento do marketing de conteúdo é natural e durável.

Isso faz com que no médio prazo as empresas precisem investir menos com propaganda.

Achou esse conteúdo esclarecedor?

Leia Também Copywriting: Guia Definitivo Para Impulsionar Suas Vendas Com a Escrita

Comentários

cComentários

Tags:
Renata Furtner
Renata Furtner

Psicóloga, especializada em Neuromarketing e Comportamento do Consumidor. Citação favorita: "Seja gentil sempre que possível. Sempre é possível."

  • 1

Posts que você pode se interessar

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *