Buscar...

Marketing Digital Todos

7 Dicas de Marketing Digital Para Captar Alunos

Renata Furtner

Estamos vivendo na era do conhecimento e nenhum segmento pode se beneficiar mais disso do que empresas que vivem da produção de conteúdo como escolas, empresas de treinamento, cursos profissionalizantes, EAD e instituições de ensino em geral.

Segundo o SEBRAE, o segmento da educação aliado à tecnologia figura entre os 5 melhores segmentos para investir.  Mas então por que existe tanta dificuldade para captar alunos através do marketing digital?

Falta de estratégia e consistência, principalmente!

Para conseguir a atenção do seu potencial cliente é preciso oferecer algo em troca. Já reparou que recebe menos ofertas de vendas no seu dia-a-dia do que recebia há alguns anos atrás?

Agora só faltam as empresas de telemarketing desistirem dessa abordagem.

Há algo melhor para se oferecer do que aprendizado? Não custa nada para a empresa e dura para sempre!

Poético, não?

Mas poesia à parte, o que as empresas precisam fazer para realizar uma venda hoje é educar seus potenciais clientes sobre seus produtos ou serviços.

Durante esse processo de educação é gerado aquilo que todo mundo quer: credibilidade.

É uma forma de fazer seu potencial cliente sentir que conhece a sua empresa e o que você oferece antes mesmo de conhecer alguém da sua equipe.

Incrível, não é mesmo?

Veja 7 dicas para captar alunos em 2019:

1. Vídeos

Dá para imaginar quanto treino exige para profissionais de outros segmentos conseguirem gravar um vídeo?

Aproveite que sua equipe de professores já tem conteúdo e experiência em se apresentar para engajar a audiência.

2.  Blog

Aproveite aquelas aulas já criadas e coloque uma parte no blog.

Lembre-se sempre de deixar aquele gostinho de quero mais, pois se você oferecer o conteúdo completo os alunos não precisarão se matricular.

A estratégia de blog é super importante para criar relacionamento, mas é mais que isso: é uma forma do Google te reconhecer como relevante e começar a te elencar nas primeiras posições das buscas orgânicas.

Não há nada melhor do que ser encontrado por potenciais clientes no momento que estão buscando o que você oferece sem precisar pagar anúncio, não é mesmo?

Dica: crie conteúdos fatiados para que os visitantes possam ler um texto, depois outro relacionado e então outro. Dessa forma você o mantém engajado!

Posições no Google: Como São Escolhidas

3. Mini curso com certificações

Com esta estratégia é possível capturar potenciais alunos que se interessam por determinado assunto mas ainda não tem certeza se é isso que querem ou não estão prontos para investir.

Construa uma versão de bolso de um curso já existente e deixe o aluno com vontade de se aprofundar!

Não se esqueça de nutrir esses alunos com conteúdo após o curso até que eles fiquem prontos para investirem no curso completo.

4. Livros e artigos comentados

Essa estratégia pega carona no sucesso de determinado título ou autor para ganhar relevância, interesse e credibilidade rapidamente.

Se você tiver um bom poder de síntese e de explicação poderá transformar uma obra complexa em algo acessível e de fácil entendimento.

Sabe aquelas pessoas que já tentaram entender determinado assunto diversas vezes mas ainda não conseguiram? Se ela conseguir entender definitivamente com o que você escreveu isso irá proporcionar uma ótima experiência para o seu potencial cliente.

Após empregar tantos esforços com determinado assunto finalmente entendê-lo irá conectá-lo a sua empresa em termos cognitivos e emocionais.

O motivo é simples: sua empresa terá deixado a vida desse potencial cliente mais fácil sem pedir nada em troca.

5. E-book

Forneça materiais relevantes para a formação dos seus potenciais alunos em troca dos contatos.

Quer saber que tipo de conteúdo você precisa criar para cada nível de consciência do seu cliente em potencial? Leia Copywriting: Guia Definitivo Para Impulsionar Suas Vendas Com a Escrita

6. E-mail Marketing

Todas as estratégias acima servem para captar contatos de pessoas interessadas.

Mas o que fazer com esses contatos? Eles não ficarão prontos sozinhos!

Uma vez com esses contatos em mãos comece a nutri-los com educação de qualidade que os façam despertar a consciência para a necessidade da formação que você oferece.

Quando eles estiverem bem nutridos é hora de fazer a oferta de vendas!

7. Página de conversão

Para fazer com que todas essas estratégias deem certo você precisará de uma página de conversão com potencial para gerar resultados.

Caso contrário você irá nutrir esses potenciais alunos para fecharem com outra empresa.

O motivo é simples: o lead (contato) pode até gostar da sua empresa e dos seus conteúdos, mas só uma página que responda suas dúvidas e que deixe claro que é a melhor opção do mercado erá capaz de transformar esses contatos em alunos.

Conheça alguns sites da área de educação que construímos e se inspire para criar o seu:

Site de Escola de Idiomas

Site de Cursos Profissionalizantes

Site de Coaching e Treinamento

Comentários

cComentários

Tags:
Renata Furtner
Renata Furtner

Psicóloga, especializada em Neuromarketing e Comportamento do Consumidor. Citação favorita: "Seja gentil sempre que possível. Sempre é possível."

  • 1

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Quer receber as novidades em primeira mão?